Mendoza – Argentina

Escrito por Ligia Caligaris on. Postado em América, Argentina, Mendoza, Viagens

  mend-7258  

Mendoza surpreende!

mend-7060

Construída num local com baixos índices pluviométricos, numa região de terremotos tinha tudo para dar errado.

Os habitantes construíram canais de água na cidade que depende do degelo dos rios para o abastecimento,

mend-7061 mend-7062

assim como plantaram as árvores que se transformaram em túneis de árvores e diminuem o calor.

mend-7274

Foi fundada em 1.561 por García Hurtado de Mendoza. É uma espécie de oásis no meio de uma das regiões mais desérticas da Argentina.

Chegamos num final de tarde vindos de Santiago do Chile de carro.

andes-7283

Não tínhamos hotel reservado e a primeira providencia for trocar dinheiro.

mend-7236

Fomos muito assediados por agentes de turismo que estavam na rua para nos oferecer hotel. Muito desagradável.

Por fim, precisamos ir a uns 3 hotéis até que conseguíssemos vaga.

Ficamos no que não é nada luxuosos, mas muito bem localizado. 

mend-7272

Estudamos que vinículas visitaríamos no dia seguinte e aproveitamos os bons restaurantes nas 2 noites que lá ficamos.

Existem cerca de 420 bodegas, como eles chamam as vinículas, num raio de 150 Km – todas produzem as melhores uvas malbec do mundo.

andes-6999

Essas fazendas são mais do que fabricantes, são atrações turísticas, como a Catena Zapata e a Família Zuccardi.

Na área urbana tem o Casino Regency no Hotel Park Hyatt.

mend-7249

E muitos restaurantes e praças

mend-7237

O Museu de la Área Fundacional que é um arqueológico que fica na esquina da rua Alberdi com a  Castillo vale uma visita.

Agende as visitas nas vinículas com antecedência. A quantidade de turistas é grande e de um dia para outro é difícil encontrar vaga nas degustações.

 Dicas:

As casas de câmbio estão localizadas na Av San Martin.

A festa da colheita da uva ocorre no primeiro final de semana de março.

Existe um city tour num ônibus turístico da prefeitura que sai a partir das 10 horas  (e outros horários) da manhã do quiosque de informações turísticas.

Ficamos no Hotel Internacional na av Sarmiento, 720 – Um 4 estrelas que mais parecia 2, mas de localização ótima e para quem não havia reservado  foi uma boa pedida.

De avião vindo de Brasil, a parada em Buenos Aires é obrigatória.

Nós alugamos um carro em Santiago do Chile e fizemos uma viagem belíssima, apesar de levar muito tempo. (para detalhes ver post “Travessia dos Andes”)

Restaurantes: vários mas não perca o Azafran na Calle Sarmiento, 765.

Falaremos um pouco da região em outro post

 

 

 

Tags: , , ,

Trackback de seu site.

Comentários (3)

  • wilson secali

    |

    mendoza lugar de muita saudades,esta avenida arborizada nós tinhamos escritorio da sheik bai bai

    Responder

  • Isaura

    |

    Delícia de viagem! Ótimo resumo! Vamos voltar?
    Bjs

    Responder

Deixe um Comentário