Ushuaia, Terra do Fogo – Argentina

Escrito por Ligia Caligaris on. Postado em América, Argentina, Ushuaia, Viagens

De Trelew fomos de avião para Ushuaia, a Terra do Fogo – Recebeu este nome porque Magalhães e sua tripulação avistaram fogueiras quando cruzaram pela primeira vez o estreito que recebeu o seu nome.
O aeroporto internacional Malvinas Argentinas fica a 4 Km do centro da famosa cidade de Ushuaia, cidade mais austral do mundo – o “fim do mundo”.
  cimg0502vistaushuaia
Tem ao fundo belas montanhas pontiagudas e serve de base para visitar o canal de Beagle com uma rica vida marinha
Fomos em outubro, época fria mas não para esquiar.
A cidadezinha é linda! Restaurantes ótimos para comer centojas.
Não deixe de ir ao MUSEU DO FIM DO MUNDO museu e depois da visita carimbar seu passaporte!
Dedicado aos povos indígenas, história local, natureza e aos naufrágios ocorridos próximos à cidade.
  OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Canal de Beagle: separa as ilhas do extremo sul do continente
Ficamos no hotel Canal Beagle localizado na rua principal bem em frente ao canal, o que nos facilitou passear.
Era só atravessar a avenida e já estávamos no porto contratando passeios.
  OLYMPUS DIGITAL CAMERA
O barcos turísticos são grandes e com lugar dentro e fora da cabine.
  cimg0507
Apesar de agasalhadas não conseguíamos permanecer muito tempo fora!
  cimg0587
  cimg0571passaroseleoesmarinhos
  OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Ferrocarril Austral Fueguino
Em 1896 estabeleceu-se ali uma colônia penal fechada por Perón em 1947. Os presidiários eram transportados de trem para fornecer lenha para a população.
Hoje é usado para resgatar a história da Patagônia. Para criar clima, os trabalhadores vestem uniforme de presidiário.
O trem do fim do mundo faz uma parada na estação Macarena,
local onde  em 1869 o reverendo Stirling fundou uma missão anglicana entre os Yámanas (povo localizado no local mais austral do mundo).
Yamanás quer dizer “povo”. Eram caçadores nômades e navegavam em busca de alimento.
Alimentavam-se de lobos marinhos, moluscos, mexilhões e fungos.
e depois seguimos à pé  pelos caminhos do mirador Lapataia
  cimg0466
e Turbal,
pelos bosques de lengas, que crescem do nível do mar até a altitude de 600 m,
e perdem suas folhas no inverno.
  OLYMPUS DIGITAL CAMERA
outros passeios:
Cerro Castor : centro de esqui mais austral do mundo.
Paso Garibaldi: Mirante de onde se vê os lagos Fagnano e Escondido
Glaciar Martial : fonte de água potável mais importante de Ushuaia
Valle Tierra Mayor: centro de esqui mais completo da região
Ushuaia é zona franca!

Tags: , , , , , , , , , , , , , ,

Trackback de seu site.

Comentários (2)

  • Rosana

    |

    Vc esqueceu de falar do campo de golf do Fim do Mundo.

    Responder

Deixe um Comentário