Como tirar o visto americano

Escrito por Ligia Caligaris. Postado em Dicas, Visto Americano

Para requerer o visto americano

1-      Acesse o site: portuguese.saopaulo.usconsulate.gov/pt/visas.html

2 –    Clique em informações de visto temporário para viagens ao Estados Unidos. Ao entrar nesta página clique em “como solicitar um visto”

Vá ao passo 1: preencher o formulário on-line para solicitação do visto DS-160

Depois acesse o site: http:brasil.usvisa-info.com para agendar o local e dia para levar os passaportes, tirar fotografia e colher as impressões digitais.

Importante: para preencher o formulário tem que fazer uploud de uma foto 5X7

Tenha uma impressora disponível. Você vai precisar imprimir alguns documentos.

Se pagar em cartão de crédito, eles farão a conversão e darão o total em reais. Só que a fatura será cobrada em dolares (o cartão fará a conversão) e será cobrado IOF.

Optei pela entrega por SEDEX. Demorou cerca de 20 dias. Agendei a entrevista para o dia seguinte que preenchi o formulário. Detalhe: renovei meu visto em dezembro de 2012.

Não é permitido entrar no local de entrega de documentação com bolsa etc…

Se for necessário entrevista eles farão o agendamento.

Custo: 160,00 dólares e vale por 10 anos.

O site explica bem o passo a passo para tirar o visto. O preenchimento do formulário é bem chatinho!

Check list – mala

Escrito por Ligia Caligaris. Postado em Check list - mala, Dicas

Aqui vai uma lista para servir de lembrete dos ítens que você poderá usar na sua viagem.

Risque os que não são adequados para sua viagem e calcule a quantidade de roupa pelos dias que você vai ficar. Se for fazer compras ou usar de lavanderia, leve menos peças.

Não leve os ítens que costumam ter nos hotéis que você frequenta.

Jeans / Calça social

Vestido / Saia

Camisa / Camiseta

short / bermuda

Pashimina / cachecol

Casaquinho meia estação / casaco

roupa de ginástica / top

Cinto / Bolsa / Luva

Sapato / tênis / Bota: um deles muito confortável para poder andar sem machucar o pé

Havaiana: essencial para tomar banho

Rasteirinha / Sandália

Lingerie / pijama / camisola

Meias

Maio / biquini / sunga

Canga / Saída de banho

Chapéu / boné / gorro

Necessaire: dê preferência para embalagens pequenas

Protetor solar rosto / corpo

Shampoo / Condicionador

pasta de dente / escova de dente / fio dental

Sabonete liquido

Desodorante

Kit barba

Perfume

Acetona: prefiro o removedor tipo lenço

Pente / escova / Secador de cabelo / elástico ou outro prendedor de cabelo

Tesoura / alicate / pinça de sobrancelha / lixa

Kit costura

Maquiagem: lápis de olho / sombra / rimel / base / removedor de maquiagem

Óculos escuros

Óculos de grau

Lentes de contato: converse com seu oftalmologista para ver a possibilidade de lentes de descarte diário.

outros ítens:

Leve com você os medicamentos de uso contínuo e coloque a dosagem na mala também para que não haja problema em caso de extravio.

Máquina fotográfica e acessórios (bateria extra, carregador, tripé, etc…)

Celular (carregador): se for para o exterior não esqueça de habilitá-los. Cuidado com o uso da internet. É extremamente caro.

adaptador universal de tomadas

Cartões de crédito: ligue para a central e avise da sua viagem. Tire cópia dos cartões e leve o telefone para caso de perda / roubo.

Passaporte: tire uma cópia. Deixe o original no cofre do hotel e ande com a cópia. Quando em viagem, guarde-os em locais separados.

Carteira de identidade: Leve uma cópia para o exterior para o caso de perda / roubo do passaporte.

Evite viajar de acessórios (cinto, por exemplo) que tenham que ser retirados ao passar pelos detectores. Você pode esquecer algo importante com a pressa quando for recolocar tudo de volta.

A mala média leva cerca de 25 Kg de roupa

As dimensões da mala de mão na maioria das linhas aéreas não deve ultrapassar 55X40X20 cm e o peso varia de 5 a  10 Kg dependendo também se é vôo nacional ou internacional. Cheque com a cia aérea.

Não viaje com calça boca larga. Os banheiros, principalmente da classe econômica costumam ficar muito sujos no final da viagem.

A pashimina é um coringa principalmente para as friorentas. Raro ter um restaurante sem ar condicionado.

Leve roupas que combinem entre si.

Sapato alto? Terá algum evento que irá usá-lo?

Leve xerox da reserva de hotéis / voôs / restaurantes reservados / cartões de crédito (util em caso de perda ou roubo)  etc…

Coloque identificação de bagagem dentro e fora da mala.

Avaliação da Queensberry – minha experiência

Escrito por Ligia Caligaris. Postado em Avaliação tour Queensberry, Dicas

Escolhemos o passeio “Experiência no Saara” oferecido pela conhecida agência Queensberry.

O passeio foi feito na Tunísia de 15 a 22 de setembro de 2012.

A Queensberry é conhecida por oferecer passeios de luxo e por sua experiência na África. Por estarmos visitando um país de língua por nós desconhecida, optamos por contratar os serviços desta agência.

Minha experiência com a agência foi a seguinte:

1- No roteiro, a primeira opção de hotel era The Residence. Como não havia vaga, nos ofereceram o “Africa”(também um 5 estrelas) que por nós foi prontamente aceito. Até gostamos da idéia porque o “Africa” é bem central.

Num outro dia, nos ligaram dizendo que tinham nos conseguido vaga no “The Residence”só que teríamos de pagar mais EUR $ 150,00 por pessoa para ficarmos inclusive na mesma categoria de quarto!!!!!!

Obvio que não aceitamos. Afinal, a primeira opção oferecida no roteiro era o “The Residence”. Não gostei da atitude deles!

2- Não estava no roteiro, o que conheceríamos, e, por falta de experiência, não pedi que eles esclarecessem exatamente os passeios que faríamos em cada local. Fiquei o tempo todo com a impressão que nos faziam um favor de nos levar a conhecer os locais.

3 -Em Tataouine (sul da Tunísia), ficamos no melhor hotel do local segundo nossa guia. Era um 3 estrelas bom (Sangho Tataouine) exceto pelo jantar que nos serviram.

dsc_3562

Era um serviço de buffet e o jantar (resto do almoço) chegou a se igualar a uma “lavagem”. O problema é que esta é uma cidade cidade onde é impossível procurar um outro restaurante como opção.

4- Aliás, o único lugar que comemos bem (a comida estava inclusa no pacote) foi em Tamerza (hotel Tamerza Palace) , cujo hotel também era maravilhoso.

dsc_2889

5- Em Mahdia, cidade praiana, com afluxo grande de turistas principalmente russos, ficamos no hotel Mahdia Palace (imenso!!!!).  

dscn5952

Não imagino que este seja o padrão Queensberry. E, nesta cidade a opção de hotéis é infinita. Para se ter uma idéia, precisa de senha para café da manhã e jantar! E a comida é péssima!

6- o guia e motorista que nos levou pela Tunísia foram excelentes.

7- O tempo que ficamos no deserto do Saara propriamente dito, foi muito pequeno. Fomos ver o por do sol no deserto propriamente dito porque pedi ao guia que nos levássemos. Senão teríamos ficado no acampamento, o que seria muito sem graça! E, teria sido o acampamento a “Experiência no Saara”.

8- Como fizemos um tour particular, a Queensberry poderia ter nos deixado escolher o dia da saída o que nos teria facilitado. Soubemos já em Tunis, que para eles não faria diferença sair de Tunis na quarta-feira ou no sábado! Teria sido um diferencial da empresa!

Aconselho a destrincharem bem o passeio antes contratar qualquer agência de viagem, mesmo a famosa Queensberry.

Avaliação resort Kenoa – Alagoas

Escrito por Ligia Caligaris. Postado em Avaliação Kenoa - Alagoas, Dicas

dsc_6184

O Kenoa (quer dizer UAU) spa & resort fica na barra de São Miguel, sul de Maceió – Alagoas

dsc_6254

Está a 25 Km do centro de Maceió ou a 50 Km do aeroporto Zumbi dos Palmares que fica no município de Rio Largo

dsc_6077

Você pode chegar ao resort de carro ou mesmo de helicóptero

dsc_7188

O resort foi concebido pelo arquiteto pernambucano radiacado em Alagoas Osvaldo Tenório  que desenhou um espaço integrado e comprometido com o meio ambiente.

A decoração buscou peças não só do nordeste mas da America Latina e  Indonésia e usou muito algodão, juta, cestaria e madeira.

dsc_6248

Um espelho d ‘água repleto de carpas ajuda a refrescar o ambiente.

dsc_6255

Uma vez lá, relaxe, esqueça do mundo. Descanse porque eles cuidarão de você. Todos os funcionários estão preparados para fazerem você se sentir especial!

Esta reserva fica ao lado do resort. No final fica a praia do frances e ao fundo  Maceió.
Apesar de ser permitida a presença de crianças, é um resort mais apropriado para casais.

O Kenoa oferece vários tipos de acomodação. E as  voltadas para o mar tem uma piscina privativa e as outras ofurô.

dsc_6746

O resort agrega privacidade ao bom gosto.

dsc_6045

spa: com saunas úmida e seca e vários tipos de massagem

dsc05058

piscina com borda infinita

dsc_6712 dsc_6142

fitness: com vista para o mar

dsc_6078

bar

dsc_6246

adega

dsc_6115

boutique com coisas lindas da DIBIKINI !!!

dsc_6132

e restaurante comandado pelo chef  Cesar Santos.

Se  você quiser ir a passear ou ir a  restaurantes em Maceió, passear na pria do Gunga, do francês, mangue do Retiro (Palatéia), mergulhar, pescar, passear de lanche etc…é só falar com a recepção que seus desejs serão atendidos.

Mais o must é ficar de frente pro mar, tomando champagne na piscina de borda infinita vendo as águas das Alagoas

acompanhado de petiscos deliciosos

dsc_7135

Os pratos do chef  Cesar Santos degustados no restaurante Kaamo, com vista para o mar, são deliciosos.

No Eu Lá Desgutei, tem a receita de Canopla de Bacalhau

 

Vistos

Escrito por Ligia Caligaris. Postado em Dicas, Vistos em Geral

visto-camboja

Cada país utiliza critérios e exigências diferentes para permitir a entrada e permanência de estrangeiros.

O visto de turista não vale para quem vai trabalhar ou estudar.

Ter o visto ou a não necessidade de visto, não dá direito à entrada automática no país. A decisão é da autoridade da imigração.

Leve sempre o endereço da embaixada / consulado do Brasil no país que for visitar.

Este post será atualizado na medida que postarmos os países visitados. Checar no consulado antes de viajar (as regras podem mudar). Aqui estamos falando de visto para turista .

Argentina – não precisa de visto. Passaporte ou carteira de identidade. Não vale carteira de motorista

Camboja – precisa – faça on line pelo sit www.mfaic.gov.kh/evisa/?lang=Por

                      Precisa de passaporte com minimo de 6 meses de validade, fotografia 5×7 em formato digital e cratão de crédito

Chile – não precisa de visto

Colômbia – não precisa de visto

Costa Rica – não precisa de visto

Emirados Árabes – precisa tanto de turismo como de trabalho – A solicitação do vista deve ser feita pelo “sponsor”, ou seja, o responsável pelo vistante enquanto durar a visita. O “sponsor” pode se a Emirates Airlines (caso você viaje com esta companhia) quer a passagem tenha sido comprada pelo site ou pela agência de viagem. O hotel em que ficará hospedado também pode ser o “sponsor” (checar se o hotel faz este serviço) ou agência de turismo dos Emirados. A taxa de emissão do visto é paga na hora da solicitação. 

Espanha – não precisa de visto

Estados Unidos – precisa – www.usavisitorvisa.net Tem uma dica especial para o visto americano

Israel – não precisa de visto

Jordânia – precisa de visto

Consulado Honorário do Reino Hashemita da Jordânia em São Paulo – SP  
Av. Paulista, 326, conj. 158/159 
São Paulo – SP CEP:01310-000  
Tel: (11) 3285-5521 – Fax  (11) 2284-3078 
e-mail: consuladojordaniasp@yahoo.com.br 

Laos – o visto é tirado no momento da entrada do país

Marrocos – não precisa de visto

México – não precisa de visto 

Peru – não precisa visto – precisa de passaporte. Brasileiros não entram com a carteira de identidade. 

Portugal – não precisa de visto

Turquia – não precisa de visto

República Dominicana – não precisa de visto

 

Patrimônio Mundial da Humanidade – Brasil

Escrito por Ligia Caligaris. Postado em Dicas, Patrimônio M Humanidade-BR

 O título de Patrimônio Mundial da Humanidade  foi criado pela UNESCO em 1972 com intuito de catalogar e preservar locais de excepcional importância cultural ou natural (floresta, cordilheira, edifício, cidade, lago, deserto, paisagem). 

Uma vez recebido o título, a conservação passa a ser um  processo contínuo, e se o país não proteger os locais inscritos, estes podem ser retirados da lista. Sítios em perigo de conservação ou até existência podem ser ajudados pela UNESCO.

A idéia é preservar as áreas cênicas e naturais e sítios históricos do mundo para o presente e o futuro da humanidade.

A UNESCO apóia o governo brasileiro na preservação do legado cultural do país que inclui patrimônio histórico, natural e imaterial (tradições orais, culturae artes populares, línguas indígenas e manifestações tradicionais).

A UNESCO também apóia a preservação do legado cultural de um país – tradições orais, cultura e arte populares, línguas indígenas e manifestações tradicionais. No Brasil, as expressões Orais e Gráficas dos Wajãpis do Amapá e o Samba de Roda do Recôncavo Baiano foram proclamadas Obras Primas do patrimônio Oral e Imaterial da Humanidade em 2008.

Lista do Patrimônio Mundial no Brasil

1- Cidade Ouro Preto – MG

ouro-preto-2-dsc_0936

2- Centro Histórico de Olinda – PE

3- As Missões Jesuíticas Guarani nas ruínas de São Miguel das Missões – RS

missoes-2

4- Centro Histórico de Salvador

5- Santuário do Senhor Bom Jesus de Matosinhos, em Congonhas do Campo – MG

2009-08-28-congonhas-dsc_0743

6- Parque Nacional de Iguaçú – PR

iguassu-0025

7- Plano Piloto de Brasília – DF

2007-09-05-brasilia-001-44

8- Parque Nacional da Serra de Capivari, em São Raimundo Nonato  - Piauí

9- Centro Histórico de São Luis do Maranhão – MA

dsc_1674

10- Centro Histórico da cidade de Diamantina – MG

11- Mata Atlântica – Reservas do Sudeste – SP / PR

2006-01-17-215

12- Costa do descobrimento – Reservas da mata Atlântica BA / ES

13- Complexo de Áreas Protegidas da Amazônia Central

2008-10-21-rio-negro-am

14- Complexo de Áreas Protegidas do Pantanal

15- Centro Histórico da cidade e Goiás – GO

16- Áreas protegidas do Cerrado – Chapada dos Veadeiros e parque Nacional da Emas – GO

17- Ilhas Atlânticas Brasileiras: reservas de Fernando de Noronha – PE e Atol da Rocas – RN

  f1020025

18- Praça de São Francisco, na cidade de São Cristovão – SE

19- Rio de Janeiro, paisagens cariocas entre a montanha e o mar – RJ

Esqui em Usuhaia – Cerro Castor

Escrito por Ligia Caligaris. Postado em Dicas, Esqui em Ushuaia

Cerro Castor está construído sobre a ladeira sul do cerro Krund, a 26 quilômetros de Ushuaia, a cidade mais austral do mundo. O Cerro é um centro localizado na deslumbrante geografia do Parque Nacional Tierra del Fuego, no Fim do Mundo, inaugurado em 1999. Possui todos os serviços de um verdadeiro centro invernal. Os meios de elevação são de última geração. Possui uma variada proposta de pistas e fora das pistas ideais para todas as exigências. O clima é ideal para a prática de esqui, tem um excelente nível de neve e a temporada mais extensa de toda Sudamérica.

A Base

A Base do Cerro encontra-se a somente 195 metros sobre o nível do mar, praticamente se esquia no nível do mar. E a parte mais alta alcança os 1057 metros sobre o mar, altura inferior a de outros centros de esqui, evitando os sintomas do mal da altura. A estação intermediária encontra-se a 480 m.

A Neve

A qualidade da neve é excelente. A temperatura se mantém estável entre os +5 e -5 graus, impedindo o derretimento dos cristais da neve, evitando a transformação em gelo, originando uma neve em pó de ótima qualidade. As pistas estão localizadas estrategicamente sobre a ladeira sul da montanha, portanto, o sol não bate o tempo todo sobre elas, e com a temperatura baixa a neve se conserva melhor e por mais tempo. Estas condições permitem que a temporada vá de junho a meados de outubro em ótimas condições.

Meios de Elevação

Cerro Castor possui meios de elevação de última geração tecnológica com uma capacidade de transporte de 5.000 passageiros por hora (3.000 de forma simultânea), permitindo uma importante fluidez e muita comodidade, fatores essenciais para a prática do esqui.

Também se pratica na zona o esqui de fundo, através de extensos vales, rodeados de bosques nativos e geleiras. Mas também são muito atrativas as caminhadas com raquete para neve (calçado para caminhada sobre a neve), as travessias em trenós puxados por cachorros de raça siberian husky, os passeios em snowcats ou quadriciculos, os safaris fotográficos, a patinação sobre gelo e as excursões em flexmóvil.

Pistas – Áreas Esquiáveis

Cerro Castor tem uma superfície esquiável de mais de 17 quilômetros em 15 pistas (400 quilômetros esquiáveis), divididas em níveis principiante, intermediário e avançado. O desnível é de 772 m garantindo uma ampla gama de possibilidades. O esqui de fundo é o esporte por excelência de Ushuaia, os circuitos atravessam bosques e paisagens inigualáveis. Podem-se fazer travessias em raquetes de neves.

O Centro possui uma pista de competição homologada F.I.S. e uma cabine de cronometragem para a organização de competições nacionais e internacionais. Os “fora de pista” são excelentes e muito variados, ideais para snowboarders ou aqueles que procuram neve virgem ou esqui e snowboard extremo.

Serviços

O centro possui lanchonetes na base, na parte central e alta da montanha e um refúgio de alta montanha na cumbre do Cerro que evita descer até a costa para descansar. Na costa a 450 metros sobre o nível do mar, tem um amplo restaurante com capacidade para 350 pessoas e 1200 metros cobertos. Além disso, possui uma sala de primeiros auxílios com ambulância permanente e uma loja com vestimenta e acessórios na base.

Planeje a sua viagem, consulte: Tatiana Stecconi – Consultoria Personalizada em Viagens e Turismo

e-mail: tatianastecconi@terra.com.br – Telefones: 11 5182.1962 ou 11 98698.7000

Esqui no Chile – Los Tres Valles

Escrito por Ligia Caligaris. Postado em Dicas, Esqui no Chile

O imenso vale do Chile oferece a maior superfície apta para a prática do esqui na América do Sul e está na região metropolitana, pertinho, a 39 quilômetros da capital Santiago.

Uma estratégica interconexão, conhecida como Los Tres Valles, permite esquiar ou praticar snowboard nos complexos de categoria como La Parva, El Colorado e Valle Nevado. Para quem não quer gastar muito e ter opções, vale a pena hospedar-se em Santiago e visitar uma estação ou até duas por dia, além de poder degustar os deliciosos vinhos nas vinícolas chilenas e conhecer a capital, que oferece inúmeras opções de lazer, entretenimento, compras e gastronomia.

A temporada de inverno começa em 17 de junho e vai até 09 de outubro. A alta temporada é de 08 de julho a 28 de julho.

Valle Nevado – está 3.205 metros sobre o nível do mar e tem 9.000 hectares de superfície esquiável, distribuídas em 31 quilômetros de pistas.

A somente 46 quilômetros de Santiago, pela estrada asfaltada de Farallones que percorre 32 kilometros até o desvio para Valle Nevado. Desde deste ponto são 14 quilômetros para chegar à estação. Durante o inverno o trânsito de 08h à 14h é exclusivamente de subida e de 14h até as 20h é só para a descida. O uso de correntes nos pneus e obrigatório nos caminhos montanhosos.

Atividades:
Esqui, snowboard, heli-ski, asa delta, helisurf, motonieve, trenó, e caminhadas.

Serviços:
Alojamento, gastronomia, entretenimentos e transportes.

Para todos os gostos e exigências, Valle Nevado oferece seis propostas distintas em matéria gastronômica. Os sabores da cozinha francesa no La Fourchette D´or e Le Montagnard, com os melhores pratos suíços. Na trattoria italiana Don Giovanni você vai poder escolher entre as entradas e as excelentes massas. As sextas e sábados, o bar e o restaurante surpreende com as especialidades da cozinha japonesa.

O Café de la Plaza é o lugar para provar as delicias chilenas e Americatessen se pode saborear os típicos pratos americanos.

Quando precisar voltar rápido às pistas, nada melhor que o Slalom e Baixo Zero, com gostosas e nutritivas minutas.

La Parva – a 2.700 metros de altura e somente a 50 quilômetros de Santiago a estação de esqui La Parva tem uma característica que a distingue do resto das estações invernais: desde a base se pode observar toda a extensão do Valle de Santiago.

Atividades:
Esqui, snowboard, heli-ski.

Serviços:
Alojamento, transporte, restaurantes, treinamento, clinica médica, discoteca, escola de esqui, e aluguel de equipamentos.

El Colorado - é a estação de inverno mais famosa entre os chilenos e provavelmente a mais antiga. Nos anos 30 quando o esporte começou a ser difundido e praticado, foi na Villa Farallones a estreia dos primeiros skis que eram de madeira e vieram da Suíça.

Tem altura máxima de 3.333 metros sobre o nível do mar, um desnível de 903 metros e 1.000 hectares aptos para prática do esporte. Durante a temporada de inverno, recebe rápidas e abundantes nevascas, com uma média anual de 5 metros. O Colorado também possui um sistema que lhes permite produzir neve artificial, para poder garantir as boas condições de esqui durante a temporada. As 22 pistas da estação, que você acende através dos seus 18 meios de elevação, permitem desfrutar do esqui e do snowboard ao máximo, além das possibilidades fora de pistas tanto para os novatos como também para os mais experientes.

Horário:
A estação de esqui permanece aberta de 9h até às 17h.

Serviços:
Alojamento, restaurantes, entretenimento, clinica médica, minimercado, discoteca, escola de esqui, aluguel de equipamento.

Para maiores informações, roteiros de viagem, hotéis, passagens aéreas e pacotes entre em contato:

Tatiana Stecconi – Consultoria Personalizada em Viagens e Turismo

Telefones: 11 5182.1962 ou 11 8698.7000

e-mail: tatianastecconi@terra.com.br ou guestconsultoria@gmail.com

Planejando a Viagem #1

Escrito por Ligia Caligaris. Postado em Dicas, Planejando a Viagem

Para onde ir?

Depois de escolhido o local, você precisa “desenhar”sua viagem, decidindo os dias que vai ficar em cada lugar, horário de vôos, hotéis, passeios. Veja qual a melhor época para viajar ao destino escolhido – inverno, verão, época de chuva etc… Esta eu acho uma parte deliciosa. É onde a viagem começa!  

Se preferir entregue está função para alguma agência de viagem que já tem roteiros pré determinados. Ou faça um meio a meio.

Os passeios privados são mais convenientes por não perderem tempo buscando todos os turistas e por você pode decidir a hora que você quer parar para tirar uma foto, por exemplo.

Converse sempre com quem já fez o roteiro que você escolheu. As dicas serão preciosas.

 

Arrumando a mala!

dscn2612

Vai depender do tipo de viagem, da estação do ano para onde você vai, da sua maneira de ser e de se vestir e da quantidade de dias que vai ficar!

Em geral uma mala de tamanho médio abriga roupa para 7 dias. Se você vai ficar mais de 2 dias em uma cidade pode usar o serviço de lavanderia do hotel.

Leve ítens e roupas que combinem entre si. O sapato maravilhoso que machuca um pouquinho depois de caminhar um pouco, não deverá ser levado.

O biquini/maiô/sunga para mim é essencial. Além de gostar muito de água, uma vez em Whistler (estação de esqu ino Canadá) tinha uma piscina externa aquecida onde era o must ficar tomando um vinhozinho en quanto nevava.

Sempre deveremos prestar atenção nos costumes do país aonde estamos. Nunca vamos fazer uma visita para agredir nossos anfitriões. Gosto sempre de ter um maiô na bagagem!

Excesso de peso!

Lembre-se que se não quiser pagar excesso de peso, as companias aéreas costumam  limitar a bagagem em 20 kg na classe econômica nos voos internos.

Escolhendo o hotel

Procure ficar próximo da área onde vai fazer os passeios. Mesmo que o hotel seja mais caro você economizará em taxi e trânsito.

Muitos hotéis disponibilizam transfer sem custo ou a um preço razoável.

Cheque se seu hotel dispõe de secador e toalhas de praia (poderão ser ítens básicos).

Eu gosto de usar o www.booking.com  para reservar hotel ou pelo menos para conhecer melhor o hotel e a opinião de usuários.

Importante: quando reservar no www.booking.com mande um e-mail para o hotel confirmando a reserva!

Você também pode escolher pelo www.booking.com e depois entrar no site do hotel e reservar. Pode ser que consiga preços melhores!

Check-in e check-out nos hotéis

Geralmente o check-in se inicia às 14 hs. Você poderá deixar a bagagem no hotel e ir passear. Ou, se seu vôo chega muito cedo, vale a pena pagar mais uma diária e você terá o quarto disponível na hora que chegar.

É muito mais cômodo ter o café da manhã incluso. Principalmente para os que como eu acorda com fome e não quer sair procurando lugar para comer!!!!

Nos  hotéis mais econômicos , como o Ibis, o café da manhã tem um custo extra de cerca de 7 dólares.

Se o seu vôo sai depois da hora do seu check out solicite na noite anterior um late check out. Sempre que possível o hotel atenderá.

Princípios de Composição

Escrito por Ligia Caligaris. Postado em Dicas, Dicas de Fotografia

Não sou nenhuma fotógrafa profissional. Conheço algumas regras de fotografia, mas acredito que essas regras existem e devem ser conhecidas e o fotógrafo decide quando não usá-las, dando seu toque pessoal à imagem. Vou citar algumas aqui:

1 – REGRA DOS TERÇOS: É uma regra de composição e uma tentativa de deixar a foto mais harmônica

regradostercos